Archive for julho, 2015

18 de julho de 2015

O drama dos imigrantes 2

Segundo post sobre o drama dos imigrantes. A leitura de ambos apresenta um panorama que pode servir de comparação e a debates sobre o tratamento dado, pelos países ricos e os em desenvolvimento, quando o assunto é imigração.  Reportagem da BBC Brasil.

Do abrigo lotado à faculdade de direito: a saga de uma haitiana cega no Brasil

nadj3
Enquanto uma multidão se acotovelava à espera das quentinhas com o almoço, uma mulher esperava em silêncio no canto, torcendo para que sobrasse comida para ela. Deficiente visual e viajando sozinha, a haitiana Nadine Talleis estava há quase dois meses naquele abrigo quando a BBC Brasil a abordou durante uma reportagem sobre a crise migratória no Acre, em 2013.

Após a entrevista, ela pediu ajuda para que pudesse deixar o alojamento,

read more »

Anúncios
18 de julho de 2015

Os dramas dos imigrantes 1

Este é o primeiro de um total de dois post que procuram mostrar momentos diferentes do grave problema da imigração no mundo atual. O abandono do lar em busca de melhores condições de vida, principalmente quando forçada pelos conflitos e/ou pobreza e falta de oportunidades na terra natal, não é uma decisão simples. A esperança de uma vida melhor nem sempre se concretiza, na verdade na maioria dos casos não ocorre, já que são deportadas de volta. A reportagem a baixo é da BBC Brasil.

Resposta de Merkel leva menina palestina às lágrimas

merkelxpalestina
Um vídeo que mostra a chanceler (primeira-ministra) alemã, Angela Merkel, em um debate sobre política de asilo que levou uma adolescente às lágrimas gera polêmica nas redes sociais. No debate, Merkel ouve a declaração de uma jovem palestina, em alemão fluente, sobre seu desejo de ir à universidade e progredir.

read more »

12 de julho de 2015

Carta à Merkel

Economistas pedem a Merkel que mude “política fracassada” para a Grécia. Em carta aberta à chanceler, economistas como Thomas Piketty e Jeffrey Sachs afirmam que austeridade “simplesmente não funcionou” e que “o remédio é pior que a doença”.

merkel_alexis
Economistas renomados pediram à chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, uma mudança no curso das políticas econômicas aplicadas na Grécia. Em carta aberta publicada em diversos jornais europeus nesta terça-feira (07/07), eles afirmam que as medidas de austeridade impostas ao país “simplesmente não funcionaram”.

O documento assinado por Heiner Flassbeck, diretor da Divisão de Globalização e Estratégias de Desenvolvimento da Unctad; Thomas Piketty, professor na Escola de Economia de Paris; Jeffrey D. Sachs, professor na Universidade

read more »

10 de julho de 2015

Operação Lava-Jato e a Defesa Nacional

maurosantO texto a seguir é do jornalista Mauro Santayana, extraído de seu blog, traz uma visão pouco vista e debatida na mídia de massa. (Jornal do Brasil) – Em suas críticas ao tamanho do Estado e na defesa da privatização a qualquer preço, os neoliberais tupiniquins se esforçam por defender a tese de que o poder de algumas das maiores nações do mundo “ocidental”, os EUA à frente, teria como únicos, principais esteios, o capitalismo, a livre iniciativa e o livre mercado, e defendem, sempre que podem, alegando a existência de “cabides de emprego”, e o grande número de ministérios, a diminuição do setor público no Brasil.

A informação, divulgada na semana passada, de que, com três milhões e duzentos mil funcionários, o Departamento de Defesa dos EUA é o maior empregador do mundo, tendo em sua folha de pagamento, sozinho, mais colaboradores que o governo brasileiro, com todos seus 39 ministérios, mostra como essa gente tem sido pateticamente enganada, e corrobora o fato de que a tese do enxugamento do estado, tão cantada em prosa e verso por certos meios de comunicação nacionais, não é mais, do ponto de vista da estratégia das nações, do que uma fantasia que beira a embromação.

read more »

10 de julho de 2015

O linchamento como sintoma

Texto de  Murilo Cleto, historiador, publicado originalmente na Revista Forum. O verdadeiro crime cometido por Cleydison Pereira Silva, espancado até a morte por justiceiros nesta segunda-feira no Maranhão, não está previsto no Código Penal. Seu assassinato desnuda a crise de representatividade que vive o país e a seletividade de uma indignação tão justa quanto pontual.

linch_2015
Aconteceu de novo. Cleydison Pereira Silva foi amarrado a um poste e espancado até a morte por um grupo de pessoas em São Luís, capital do Maranhão. Ao contrário do que se anuncia, seu crime não foi o assalto. Aliás, pode até ter sido um deles, mas não o mais importante. Pro crime de assalto, a legislação brasileira prevê de 4 a 30 anos de reclusão, conforme o caso, de acordo com o Código Penal.

read more »

Tags:
9 de julho de 2015

BRICS: entrevista de Celso Amorim

Em entrevista ao site alemão Deutsche Welle, ex-ministro Celso Amorim diz que o grupo pode oferecer alternativas ao sistema financeiro mundial, diante da falta de vontade dos países do G7 para reformar os organismos internacionais. Por Francis França.

brics
Os líderes dos BRICS – grupo composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – se reúnem pela sétima vez este ano para discutir como tornar o fórum informal de países emergentes em um instrumento eficaz de desenvolvimento. Um passo decisivo já foi dado: todos os países ratificaram a criação do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), mais conhecido como banco dos Brics, que deve começara a operar no início de 2016.

Para o ex-ministro Celso Amorim, que ocupou as pastas das Relações Exteriores (1993-1995 e 2003-2010) e da Defesa (2011-2015), os Brics podem oferecer alternativas ao sistema financeiro mundial diante da incapacidade do G7 – grupo formado por Estados Unidos, Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão e Reino Unido

read more »

3 de julho de 2015

Cidade holandesa testa teoria da renda básica

utrecht
Algumas pessoas na cidade holandesa de Utrecht em breve poderão obter uma renda de dinheiro extra, como parte de uma nova experiência ousada chamada de “renda básica”.

Renda básica é um pagamento incondicional e regular, destinados a fornecer dinheiro suficiente para cobrir as despesas básicas de vida de uma pessoa. Em janeiro de 2016, a quarta maior cidade da Holanda e sua parceira, a Universidade de Utrecht, irão criar vários regimes diferentes para os seus beneficiários da previdência social (bem-estar) e testá-los.

Um grupo de pessoas que já recebem o bem-estar irão receber cheques mensais que variam de cerca de € 900 (1,000 dólares) para um adulto para € 1,300 ($ 1450) para um casal ou família por mês.

read more »

Tags:
3 de julho de 2015

Sauditas financiam fundamentalismo

Texto original publicado no site viomundo, por Luiz Carlos Azenha. 

India5
2001.
Universidade de Darul Uloom, Deoband, ao norte de Nova Delhi, na Índia — Eu e o cinegrafista Sherman Costa viemos conhecer a escola onde foi formulada a teologia do talibã. Uma mesquita novíssima ao lado do campus acaba de ser inaugurada. Nossa visita foi garantida por um excelente contato do nosso produtor indiano, Rajan. O jovem professor de informática que se dispôs a nos receber e ciceronear é mais aberto aos ocidentais, pelo envolvimento que tem com a internet. É através dela que os teólogos deobandi respondem a perguntas de fieis de todo o mundo. Eles buscam respostas sobre a interpretação do Alcorão para questões cotidianas.

read more »

2 de julho de 2015

Entrevista do Prof. Luiz Moreira

Jurista fala ao programa Espaço Público sobre a judicialização da política e analisa o cenário atual do país. Sobre a Operação Lava Jato e outras operações feitas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, ele declara: “O papel do Judiciário não é um papel de exposição midiática dos inimigos. O papel do estado é proceder uma apuração burocrática daquilo que se apura. Não é política, é burocrática.”

Para o jurista, o Brasil é o país onde mais se prende no mundo. “O Brasil transformou a prisão em remédio, como se isso fosse pedagógico”.